Viagem

A Península de Paracas e as Ilhas Ballestas

Pin
Send
Share
Send


Começamos de Arequipa até o parque nacional paracas. Existem várias variantes de ônibus (quase a noite toda). Mais alguns rostos deixam você no mesmo Paracas, outros em Ica com destino a Lima e outros à cidade vizinha de Pisco. Os preços variam de acordo com a qualidade do ônibus.


Era tarde. Já eram quase quatro da tarde e nos indicaram no pequeno porto que a capitania marinha só deixa os barcos partirem de manhã. Tentamos convencer o diálogo com os pescadores, mas não conseguimos chegar a um acordo plausível: eles nos pediram US $ 200 e não caíram.

Conversamos com mais de um vendedor de turismo e começamos a calibrar as opções e seus preços.

Existem dois passeios separados para visitar o parque nacional. Um terrestre que atravessa os lugares mais emblemáticos da península de Paracas e outros com um barco com capacidade para 25 pessoas que navega para o hieróglifo chamado Candelabro e subsequentemente circunda as duas ilhas Ballestas.

Tentamos encontrar uma maneira de incluir a Ilha San Gallán (um paraíso da fauna aquática), mas parecia totalmente proibido.

Pin
Send
Share
Send