Viagem

O dia em que me apaixonei pelo surf na Cantábria

Pin
Send
Share
Send


Reconheço que a onda não é para disparar foguetes, mas você não sabe como é bom quando se levanta!


Naquela época ele foi ao índio. Tabela emprestada, conhecimento e desejo nulos. Coquetel de ingredientes que, apesar de não serem alcoólatras, significavam que eu não conseguia ficar de pé - em cima da mesa - nem uma vez. Mas desta vez foi muito diferente andar de mãos dadas com os grandes profissionais Damian Freeman -Com uma mulher e um filho maravilhosos, você deve mudar seu sobrenome, amigo- e César Vázquez.

Com todos os meninos e o grande César, da Escola de Surf La Curva, em Loredo

Damián e César são grandes tios que usam o Curva da Escola de Surf, localizado em frente a um dos acessos à magnífica Praia Loredo. Além de algumas rachaduras no surf, eles demonstraram ter uma paciência de santo para atrair blogueiros para surfistas em 4 horas de curso. Era quase tão complicado quanto fazer Popeye deitar Brutus sem o tiro de espinafre.

Na sexta-feira de manhã, saímos do maravilhoso hotel Torres de Somo, às 9h45 da manhã e David Mora - grande organizador da viagem - nos levou à Curve. Lá, César e Damián nos receberam e começaram a nos designar fatos de mergulho após as primeiras saudações.

Iñaki e Jorge dando tudo nas ondas

Pin
Send
Share
Send